Quando se é refém em casa.

Esse é um post feito com raiva e desesperança. Ele ocorre à partir das 3h da manhã do Sábado para Domingo, e ele só ocorre porque tive meu direito Constitucional de não ser submetido à tortura (art. 5, inc. III), violado, mais uma vez. Sou refém. Refém da minha própria residência, não tenho outro lugar para ir, e é aqui mesmo onde sou torturado e … Continuar lendo Quando se é refém em casa.

TEDx São Paulo – Educação!

Hoje, in loco, no Allianz Parque, onde ocorre TEDx São Paulo, e o tema é a Educação.  O assunto mais importante e mais carente do Brasil, sendo debatido ao longo do dia, por especialistas da área e gente que se dedica ao que, verdadeiramente, muda o mundo: Mudar o mundo pelo conhecimento. Ensinar é o mesmo que Ensignar, ou seja, marcar com signos, quem se ensina. … Continuar lendo TEDx São Paulo – Educação!

Precisamos exigir a saída de Temer? “Sim” ou “Com Certeza”?

Este é um post expresso. Uma chamada urgente à responsabilidade de cada um de nós, quanto ao “não-direito” de relaxar e “dar de ombros” ao gravíssimo quadro que se anúncia contra o atual presidente da República e seus “novos” – velhos – amigos. Sem nenhuma materialidade profunda, muito embora a lógica não permita outra conclusão,  muitos de nós apoiamos ou, ao menos,  não nos opusemos … Continuar lendo Precisamos exigir a saída de Temer? “Sim” ou “Com Certeza”?

E o assunto é: Ransomware (e porquê veremos esse episódio outras vezes…)

E, mais uma vez, a TI (Tecnologia da Informação) ganha as páginas de notícias, pelos motivos errados: Uma falha de conduta das empresas, expôs seus equipamentos, e o bem mais valioso da TI (a informação) ao ataque de “sequestradores de dados” (a função de um Ransomware). Continuar lendo E o assunto é: Ransomware (e porquê veremos esse episódio outras vezes…)

Então, Greve… Mas, “Geral”??? Meh…

A última sexta-feira de Abril de 2017 começou difícil para muitos brasileiros. Sindicatos e partidos de esquerda convocaram greves e piquetes, e grupos radicais fecharam rodovias e terminais com violência e depredação.
Tudo isto como forma de rechaço às reformas da previdência e trabalhista.
Será que isso é tudo? Continuar lendo Então, Greve… Mas, “Geral”??? Meh…