Sobre o “Sobre”

Li o texto original desta página e me impressionei. Como eu era infantil… Também pudera: o texto era de junho de 2016, quase oito anos atrás. Nesse tempo, tudo muda. Por que minha cabeça não mudaria?

O Sobre é a minha tentativa de colocar as ideias no lugar; as minhas e as que ouço e leio. É uma tentativa, também, de conter o meu Narciso: controlo minha vaidade ao submeter o que penso ao escrutínio público. Não recebo tantos retornos sobre o que escrevo como eu gostaria, mas os que recebo sempre me ajudam.

Aqui, falo do que me inquieta. Na verdade, falo bem menos, do que me inquieto. Se escrevesse sempre que estivesse inquieto, teríamos três posts por dia e eu seria desempregado.

Amo muitos assuntos, e por isso o blog é “Sobre Tudo e Todos”. Quero ter a liberdade contratada contigo de poder falar sobre Direito, Tecnologia, Biologia, Clima, Aviação, Esportes, enfim… Quero poder falar sobre tudo e todos. Obviamente, tenho preferências e a política e o direito brasileiro acabam sobressaindo aos demais temas.

O “Sobre” é um blog feito por um amador. Não tenho quase nenhuma competência para manter esse espaço, sinceramente. A competência que tenho é bem exótica, na verdade: Tenho amor ao método científico (que pode ser aprendido e empregado por qualquer um, se estudado com alguma seriedade), tenho uma boa memória, e tenho um senso crítico para lidar com meias-verdades que são bem mais difíceis de perceber do que mentiras deslavadas. Do mais, sou formado em Tecnologia da Informação (2012) e em Direito (2022). Um dia, se tudo der certo, serei formado em alguma área das Biológicas, mas aqui já é plano para o futuro (2032, quem sabe?).

Não sou advogado. “Advogado(a)” é quem, já formado(a) em Direito, se inscreve na OAB. Eu já passei no exame da Ordem (XXXIV), mas minha inscrição depende da colação de grau, o que ainda não ocorreu e, depois, depende da minha vontade (posso nunca me inscrever, se assim eu quiser).

Outro detalhe é que, atualmente, sou empregado da Microsoft, a gigante norte-americana da tecnologia, e isso é importante de ser dito porque quem fala, aqui, é o Rodrigo, cidadão brasileiro. Jamais você verá um texto, aqui, escrito pelo Rodrigo, funcionário da Microsoft. Meus gestores, meus superiores, nenhum deles me pediu ou autorizou a falar em nome da companhia, ou sobre assuntos que lhe sejam de interesse comercial ou estratégico. Portanto, nada do que se lê neste blog pode ser atribuído ao “Rodrigo, funcionário da Microsoft”, combinado? Ao cidadão Rodrigo, sim, tudo que se lê aqui pode e deve ser atribuído a mim. É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato (art. 5º, inc. IV, CRFB/1988).

Caso algo que você veja aqui lhe pareça errado (legalmente, emocionalmente, espiritualmente, ou só uma regra gramatical quebrada e que te chateia…), me avise, e veremos o que pode ser feito.

Atenciosamente,
Rodrigo – Escritor, Editor, Colunista, Revisor, CEO, CIO, CFO, COO, Chairman, Diretor, Gerente, Analista, Almoxarife, Acionista majoritário & minoritário, Tio do café (…) do Sobre Tudo & Todos.Org

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: